Loading

Permissão

2006-2010

Arcozelo, Vila Nova de Gaia

HabitaçãoHousing

ConcluídoConcluded

Parece inevitável que o futuro da arquitectura passe pela recuperação de edifícios existentes para novos usos, funções e programas. Neste caso, trata-se de uma habitação construída em madeira da década de 1960, implantada num lindo jardim de aproximadamente 2500m2 pleno de vegetação amadurecida, localizada em Vila Nova de Gaia, Portugal. Um lugar de velhas quintas, que se estende desde a linha de costa para o interior do território. Ao contrário da costa, completamente urbanizada, este local ainda apresenta uma certa calma. O cliente adora o carácter pitoresco da habitação existente mas precisa de aumentar a área existente em, aproximadamente 50%: um desafio interessante. A nova construção ocupa o lado Norte do terreno, onde a vegetação é mais dispersa, afastada da construção existente de modo a não se confundir com esta, ligada apenas por um corredor. A casa existente mantém assim, a centralidade anterior, tanto física como funcional albergando as áreas sociais. A nova construção fica em segundo plano, na sombra, silenciosa albergando as funções mais privadas.
It seems inevitable that the future of architecture passes thru the refurbishment of existing buildings to new uses, functions and lifestyles. In this case it is a single house from 1960´s, placed on a beautiful garden of approximately 2500m2, full of mature trees, located in Vila Nova de Gaia, neighbor to Oporto City, Portugal. It is a place of old farms, that spread to the inland, after the urbanization of the coastline, still close de to the beach but in a more quiet environment. The client, refused to loose what he called “the picturesc cottage house” look and demanded that we keep it, adding 50% program to the existing one. This constituted a complicated challenge. The new construction occupies the North side of the lot, where there is less vegetation and solar exposure, but it is not attached to it, on the contrary, it stands back 6m, to allow the integrity of the existing building to remain and, simultaneously, the creation of private patios South oriented. The existing house, maintains its previous centrality both physically and functionally hosting all the public or social spaces; the new construction stands in the shadow, silent, hosting the private areas.